Renda mensal por prazo determinado: como funciona?

Home / Renda mensal por prazo determinado: como funciona?

Escolher a modalidade de renda para o período de usufruto da previdência privada pode gerar muitas dúvidas.

Existem várias modalidades de renda, e por isso é importante entender como cada uma funciona para conseguir tomar a decisão acertada sobre o seu futuro e o da sua família.

Neste artigo, vamos tratar da renda mensal por prazo determinado, explicando como ela funciona.

O que é a renda mensal?

No momento da contratação da sua previdência privada, é possível consultar o regulamento do plano e os tipos de renda disponíveis na data de saída.

Entre as modalidades disponíveis, está a de renda mensal.

A renda mensal é uma modalidade na qual a reserva financeira acumulada durante o período de arrecadação da previdência é usada para que o participante receba pagamentos mensais.

A duração destes pagamentos, além de outras regras que podem envolver o seu plano de previdência, depende da modalidade escolhida.

Renda Financeira x Renda Atuarial

Para entender melhor sobre a renda mensal por prazo determinado, além das outras modalidades de renda mensal, é necessário saber a diferença entre renda financeira e renda atuarial.

Afinal, cada modalidade interfere diretamente no valor da renda mensal que será possível receber.

Renda Financeira

Na categoria de renda financeira, o participante usa o montante acumulado como forma de renda.

Funciona como um dinheiro guardado, que pode ser resgatado todo de uma vez ou aos poucos.

Nas modalidades que se aplicam em renda financeira, o dinheiro acumulado do participante continua individualizado e rendendo. Caso opte pela renda mensal nesta categoria, o participante receberá o valor solicitado, que é retirado mensalmente do dinheiro acumulado, até acabar a reserva.

Renda Atuarial

Quando o participante escolhe uma modalidade que se enquadra como renda atuarial, o dinheiro acumulado passa para a conta da seguradora.

Na prática, é como se o participante estivesse comprando um serviço, neste caso a renda mensal, e o preço é o montante que foi acumulado durante a fase de acumulação.

O que é renda mensal por prazo determinado?

A renda mensal por prazo determinado, também conhecida como renda mensal por prazo certo, é uma modalidade que se enquadra na categoria de renda financeira.

Ou seja, o participante escolhe por quanto tempo deseja receber a renda mensal, e esses valores são retirados dos recursos acumulados.

Como a renda mensal por prazo determinado é retirada do montante acumulado, quanto maior for o tempo escolhido, menor tende a ser o recebimento mensal.

Quais são as modalidades de renda mensal?

A renda mensal por prazo determinado é uma das modalidades que apresentam menos riscos para as seguradoras.

Afinal, a seguradora já lucrou com as taxas de administração, e todos os valores que serão recebidos pelo participante sairão do dinheiro que ele mesmo acumulou durante os anos.

Mas a renda mensal por prazo determinado não é a única modalidade de renda. Saber quais são as suas opções e como elas funcionam pode ajudá-lo a fazer a melhor escolha na hora de tomar uma decisão na data de saída.

Renda mensal vitalícia

A renda mensal vitalícia é uma modalidade de renda atuarial. Neste caso, todo o dinheiro acumulado pelo participante vai para a conta da seguradora, e ele receberá uma renda mensal enquanto estiver vivo.

A renda mensal vitalícia acaba quando o participante falece, independentemente se isso acontecer 6 meses ou 30 anos depois de ele começar a receber a renda. Nesta modalidade, não existe a devolução do capital acumulado para os seus herdeiros ou beneficiários.

Renda mensal temporária

A renda mensal temporária, como o nome indica, é um pagamento mensal por prazo determinado, a ser estipulado no momento da contratação do plano de previdência.

Esta também é uma modalidade de renda atuarial. Ou seja, terminado o prazo contratado para o recebimento da renda mensal, os pagamentos cessam.

Nesta modalidade os pagamentos mensais tendem a ser um pouco maiores, pois os valores pagos entram para a conta da seguradora, e uma parte dos segurados falece antes mesmo de receber o capital total investido.

Isso permite que a seguradora pague um valor um pouco mais alto aos segurados.

Renda mensal vitalícia com prazo mínimo garantido

A renda mensal vitalícia com prazo mínimo garantido tem algumas semelhanças com a renda mensal vitalícia, principalmente porque o participante recebe a renda mensal enquanto estiver vivo, independentemente de quanto tempo ele viver.

A grande diferença é que o participante estipula um prazo, negociado na contratação do plano, e, no caso do seu falecimento antes desse prazo, o beneficiário escolhido passa a receber a renda mensal.

Porém, caso o participante venha a falecer depois do prazo, o plano é encerrado e nenhum valor é repassado ao beneficiário.

Renda mensal vitalícia reversível ao beneficiário

Na renda mensal vitalícia reversível ao beneficiário, o participante também recebe o pagamento pelo tempo em que estiver vivo.

No caso do seu falecimento, o beneficiário receberá um percentual definido pelo participante no momento da contratação do plano de previdência, também enquanto estiver vivo. O plano é encerrado com o falecimento do beneficiário.

Porém, caso o beneficiário venha a falecer antes do participante, a reversibilidade é extinta e o plano é encerrado com o falecimento do próprio participante.

Renda mensal vitalícia reversível ao cônjuge com continuidade aos menores

Assim como nas outras modalidades de renda vitalícia, o participante recebe a renda mensal enquanto estiver vivo.

Em caso de falecimento do participante enquanto estiver recebendo a renda mensal, o cônjuge receberá, até o seu próprio falecimento, um percentual determinado pelo participante no momento da contratação.

Se o cônjuge falecer antes do participante ou enquanto estiver recebendo a renda mensal, um percentual também estabelecido anteriormente é pago aos filhos menores ou às outras pessoas indicadas (também menores de idade).

Estes novos beneficiários receberão a renda mensal até completarem a idade estabelecida no plano, que não precisa coincidir com o limite legal de 18 anos.

Há vantagens na renda mensal por prazo determinado?

Para os participantes que escolhem a renda mensal por prazo determinado, alguns pontos devem ser levados em conta.

No caso desta modalidade, a quantia a receber como renda mensal é ligada à capacidade de acumulação do participante. Quanto maior for o volume de dinheiro acumulado, maiores serão as parcelas a serem recebidas.

Além disso, caso o participante venha a falecer, os beneficiários ou herdeiros legais passam a receber o saldo remanescente.

Entretanto, na renda mensal por prazo determinado, existe o risco de o participante viver por mais tempo do que o prazo escolhido e acabar sem a renda mensal que planejou para a aposentadoria.

Gostou do artigo? Acesse nosso blog para mais conteúdos sobre o tema e fique por dentro dos melhores planos e estratégias do mercado!

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.