Previdência privada ou FII: como escolher a melhor opção?

Home / Previdência privada ou FII: como escolher a melhor opção?

tabela progressiva de previdência privada

Existem diversos modelos de investimento para garantir uma renda complementar à previdência social. Entre as opções estão a previdência privada e os fundos de Investimento Imobiliário (FII). Qualquer uma das modalidades pode ser utilizada, mas é primordial avaliar a opção que melhor se encaixa no seu perfil. 

Para entender os detalhes e decidir a melhor opção de investimento para você, continue acompanhando o nosso texto.

O que é previdência privada?

A previdência privada tem como principal objetivo economizar dinheiro para complementar a previdência do INSS. A finalidade é garantir uma renda maior quando a pessoa deixar de trabalhar. Para aderir à previdência privada, é necessário entender que existem duas modalidades de plano     : Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL) e Vida Gerador de Benefício Livre (VGBL).

O PGBL é indicado para quem declara o imposto de renda pelo modelo completo, enquanto o VGBL é mais recomendado para quem faz a declaração simplificada. É importante entender que as taxas, custos e rendimento variam conforme o plano escolhido.

O que são FII – Fundos de Investimento Imobiliário?

De maneira resumida, os fundos de investimento imobiliário são basicamente investimentos no setor imobiliário. Eles representam um condomínio de investidores, que aplicam dinheiro para uma finalidade em comum, como:

– construção de imóveis

– aquisição de imóveis prontos

– investimentos em projetos visando viabilizar o acesso a habitação e serviços urbanos

Ou seja, quando uma pessoa investe em fundos, ela está comprando cotas, que são a menor parte de algum fundo (patrimônio). Devido à concorrência, é preciso considerar também que os investidores pagam uma taxa baixa por estes serviços. E o fundo é uma possibilidade de garantir um bom lucro para quem sempre quis investir mas acha que não possui dinheiro suficiente.

Principais diferenças entre p     revidência privada e Fundos de Investimento Imobiliário

A escolha entre previdência privada e Fundos de Investimento Imobiliário vai depender do perfil do investidor. Se você está na dúvida sobre qual investimento fazer, confira algumas diferenças entre eles que podem ajudá-lo a decidir:

  Previdência privada FII
Tributação Possuem vantagens específicas de acordo com as suas características: PGBL ou VGBL. Em geral são tributados de acordo com a sua tabela de IR.
Liquidez Costuma haver penalidades no caso de resgate antecipado. Além disso, há prazos de carência e taxas cobradas no caso de resgate antecipado. A maior parte dos fundos tem liquidez que varia entre 0 e 30 dias, portanto costumam ser relativamente líquidos.
Taxas Pode ter cobrança de taxa de administração e taxa de performance e costuma ter ainda a cobrança de uma taxa de carregamento, seja ela na entrada ou na saída. Há cobrança de      taxa de administração e pode haver cobrança de taxa de performance.

A estrutura de um fundo é relativamente mais simples de ser entendida e visa rentabilizar o patrimônio dos seus participantes. Já na previdência privada o investimento tem o objetivo de criar uma poupança de longo prazo, com foco na melhoria da renda durante a aposentadoria.

Outra diferença a considerar é que na previdência privada os depósitos de contribuições são periódicos: existe uma previsão de quando o valor será depositado. Já as aplicações em fundos de investimentos podem ser realizadas a qualquer momento, desde que atendam o valor previsto no regulamento.

Quatro critérios para escolher entreprevidência privada e Fundos de Investimento Imobiliário

Como você já deve ter percebido, as duas modalidades são distintas. Ao escolher entre um plano de previdência privada e fundos de investimento imobiliário, é necessário levar em consideração alguns critérios, como:

– Ter em mente o prazo e o objetivo do seu investimento

– Analisar bem as opções para uma tomada de decisão consciente

– Pedir a orientação de um profissional especializado e com certificação para atuar no mercado de investimentos

– Avaliar o risco de crédito da aplicação

Vantagens de ter previdência privada e investimentos em FII

Você já deve ter percebido que não é obrigatório escolher entre previdência privada e investimentos em FII. É possível investir nas duas opções ao mesmo tempo. A previdência privada pode oferecer uma renda complementar mais segura e com bons resultados.

Porém, se os seus objetivos são de curto ou médio prazo, vale a pena investir em fundos de investimento imobiliário. Outra vantagem é a possibilidade de aplicar em diferentes tipos de fundos, cada um com uma      liquidez determinada.

Dúvidas sobre previdência? Acesse www.suaprevidencia.com.br e fique bem informado.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.