Jogos para exercitar a memória: 7 opções divertidas para começar agora

Home / Jogos para exercitar a memória: 7 opções divertidas para começar agora

Jogos para exercitar a memória

Os jogos para exercitar a memória são uma excelente forma de manter o cérebro ativo. Além disso, estudos comprovam que essas atividades lúdicas ajudam na capacidade humana de reter informações por mais tempo.

E se engana quem pensa que a perda de lembranças é algo específico da terceira idade. Se não trabalharmos desde cedo para coibir os esquecimentos, podemos atingir essa condição muito antes de a velhice chegar.

Mas fique tranquilo: neste artigo separamos 7 opções divertidas para você aperfeiçoar essa habilidade. Continue a leitura e confira.

O que são jogos para exercitar a memória?

Os jogos para exercitar a memória são brincadeiras que ajudam a retardar o processo de esquecimento, atuando em regiões do cérebro responsáveis pela retenção de lembranças.

Estamos falando especificamente do córtex cerebral e do hipocampo. O primeiro registra aquelas informações mais antigas, de décadas atrás, enquanto o segundo guarda dados mais recentes, de até um mês.

Como os jogos atuam para exercitar a memória?

Nosso cérebro tem funcionamento semelhante ao de um músculo – quanto mais ele receber estímulo, mais desenvolvido tende a ficar.

O mesmo vale para o sentido contrário. Se você não ativa áreas específicas do órgão principal do nosso sistema nervoso central, elas podem ficar atrofiadas.

Os jogos para exercitar a memória têm justamente o propósito de trabalhar as regiões do cérebro responsáveis por reter lembranças, fazendo com que essas regiões se expandam.

Jogos para a memória funcionam mesmo?

Muitos estudos têm buscado comprovar a relação entre atividades lúdicas e o incremento da memória – e os resultados são positivos.

Uma pesquisa feita pela Universidade da Califórnia comprovou que os jogos em terceira dimensão melhoram a retenção de informações em até 12%, justamente o percentual que se costuma perder entre as idades de 45 e 70 anos.

Segundo o levantamento, os índices foram alcançados com apenas 30 minutos diários de videogame durante duas semanas.

Jogos em 2D não apresentam nenhum tipo de aprimoramento. Segundo os cientistas, isso se deve ao fato de os games 3D serem mais complexos, possibilitarem mais opções de interação e, principalmente, exigirem mais informações para aprender.

7 apps e jogos para exercitar a memória

Pronto para explorar os jogos para exercitar a memória? Para começar agora mesmo, separamos 7 opções divertidas que podem ajudar nesse propósito. Confira!

1. Fit brains trainer

Desenvolvido por um neuropsicólogo norte-americano, o jogo conta com 60 modos diferentes para trabalhar não apenas a memória, mas também a concentração, o raciocínio lógico e a capacidade de resolver problemas.

2. NeuroNation

Segue mais ou menos a mesma linha do exemplo anterior, mas conta com menos modos. O jogo foi desenvolvido por neurocientistas de mais de dez universidades e tem como base estudos clínicos experimentais.

3. Mind games

É mais um jogo que tem como base a psicologia cognitiva e, portanto, resultados comprovadamente eficazes. O app disponibiliza 24 atividades para você ir desenvolvendo a sua memória.

4. Contre Jour

Nesse jogo divertido, você não controla o protagonista, Petit, mas sim o cenário em que ele está. O objetivo é fazer alterações no ambiente para que o personagem possa ir passando de fase e evoluindo na dificuldade dos desafios.

5. Eidetic

Busca exercitar a memória por meio do método de repetição espaçada, que consiste em ir aumentando gradativamente o tempo necessário para reter informações. De interface simples, o jogo também vai, aos poucos, divulgando frases e objetos mais complexos para serem lembrados.

6. Little things forever

É um jogo de objetos ocultos com diversos passatempos, nos quais o usuário precisa usar a memória para relembrar onde os itens estavam antes de ser encontrados para recolocá-los no lugar.

7. MatchUp

Ele muito se assemelha aos jogos de memória tradicionais, nos quais o jogador precisa encontrar os pares iguais. No entanto, o desafio aqui é combinar as figuras no menor número possível de tentativas.

Parece fácil, mas o nível de dificuldade vai aumentando e as nuances entre as cartas passam a ser cada vez mais discretas.

Por que exercitar a memória?

A prevenção é sempre o melhor caminho. Da mesma forma que você não precisa ter um problema cardíaco para começar a cuidar da sua saúde, ninguém deve esperar ter dificuldades com a memória para começar a exercitá-la.

Ou seja, a preocupação com a retenção de lembranças e informações deve começar muito antes de se chegar à terceira idade. A mesma lógica vale para outras situações da vida, como o cuidado com o seu futuro e com uma aposentadoria tranquila.

Por que esperar até a velhice para começar a planejar sua vida quando for parar de trabalhar? Invista agora mesmo em um plano de previdência privada e garanta um amanhã mais seguro e cômodo.

Para tirar todas as suas dúvidas sobre o tema, acesse a Sua Previdência Privada, um blog especializado em informações de qualidade a respeito dessa modalidade de investimento que assegura um futuro melhor para você e sua família.

Confira nossos conteúdos exclusivos e não deixe para depois o planejamento da sua aposentadoria.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.