Fundo de previdência XP no falecimento: como funciona

Home / Fundo de previdência XP no falecimento: como funciona

Fundo-de-previdência-XP-no-falecimento

O que acontece com o fundo de previdência XP no falecimento do titular? Antes de escolher um plano de previdência privada, você precisa tirar essa dúvida e entender quais são as condições de acumulação, recebimento e transferência de recursos nesses produtos.

Com a popularização da previdência privada, cada vez mais pessoas buscam esse investimento de longo prazo para garantir uma aposentadoria confortável ou alcançar sua independência financeira. Mas será que o fundo de previdência XP é a melhor escolha para construir seu futuro?

Continue lendo para conhecer melhor esses fundos e decidir se vale a pena.

Como são os fundos de previdência na XP?

Há mais de 120 fundos de previdência na XP, entre as opções próprias da corretora e de outras 30 gestoras e 3 seguradoras. Com o crescimento da previdência privada no Brasil, a XP vem ampliando seu portfólio e oferece opções de planos abertos e fechados, dos tipos VGBL e PGBL e com carteiras diversificadas — das mais conservadoras às mais arrojadas.

Os fundos de previdência XP não cobram taxa de carregamento de entrada ou saída e também zeram a taxa de custódia. Já as taxas de administração são competitivas e variam conforme a especialidade da gestão (fundos de renda fixa cobram até 1% ao ano, enquanto os mais agressivos podem cobrar até 2%).

As principais categorias de fundos oferecidos são renda fixa, multimercados, inflação e balanceados, com diferentes graus de risco. Além disso, o processo de portabilidade é realizado 100% on-line com assinatura digital, para facilitar a migração de outros planos.

A XP também divulga recomendações de fundos em destaque e faz análises periódicas do desempenho das aplicações. Dessa forma, os investidores conseguem acompanhar a performance dos fundos previdenciários com mais transparência.

Fundo de previdência da XP no falecimento

Como em outros produtos previdenciários, há várias opções nos fundos de previdência XP no falecimento do titular.

Veja o que acontece com o dinheiro em cada caso.

Falecimento na fase de acumulação

Todos os fundos de previdência XP têm duas fases: a de acumulação, quando são realizados os aportes para rentabilização do patrimônio, e a de recebimento, quando os recursos são resgatados ou recebidos em forma de renda mensal capitalizada.

Em caso de falecimento do titular na fase de acumulação, os recursos acumulados são transferidos aos beneficiários e/ou herdeiros sem passar por inventário e, no caso do VGBL, sem incidência do imposto de transferência de riqueza (ITCMD).

No caso, será cobrado apenas o IR sobre a transmissão dos recursos, conforme o regime tributário escolhido pelo participante (regressivo ou progressivo).

Falecimento na fase de usufruto (sem reversibilidade)

Em parte dos fundos de previdência XP, no falecimento do titular durante a fase de usufruto, o pagamento do benefício pode cessar imediatamente. Isso ocorre quando o contrato não prevê reversibilidade, ou seja, o pagamento da renda mensal contratada não pode ser revertido para beneficiários em caso de morte durante o período de recebimento.

Nesse caso, o pagamento é interrompido e a seguradora fica com o restante dos recursos em caixa. Geralmente, essa política é adotada nos planos que pagam renda vitalícia a partir de uma certa idade do participante até o fim da sua vida, ou mesmo em alguns contratos de renda temporária.

Falecimento na fase de usufruto (com reversibilidade)

Já nos contratos que incluem a reversibilidade dos fundos de previdência XP em caso de falecimento, o pagamento da renda mensal contratada pode ser revertido para os beneficiários escolhidos pelo titular. Dessa forma, se o titular morre, os recursos são transferidos automaticamente para as pessoas definidas na proporção desejada, respeitando a herança legítima.

É o caso da renda vitalícia reversível ao cônjuge com continuidade aos menores, por exemplo, na qual a renda é revertida ao companheiro e, na ocasião de sua morte, aos filhos menores até sua maioridade. Outra opção é a renda vitalícia com prazo mínimo garantido, que é paga até uma idade estipulada e, em caso de falecimento do titular nesse período, é revertida aos beneficiários por um prazo mínimo.

Vá além dos fundos de previdência da XP

Os fundos de previdência XP são boas opções para garantir sua futura renda, mas é preciso ir além e comparar com outros planos de previdência privada do mercado. Entre os critérios de escolha, estão as taxas de administração e carregamento, a qualidade da gestão e a performance das carteiras dos diferentes tipos de fundos.

Antes de escolher sua previdência, você deve fazer uma pesquisa aprofundada. Afinal, estamos falando da construção de patrimônio para o futuro, da independência financeira e de uma aposentadoria tranquila — as prioridades do seu planejamento financeiro de longo prazo.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.