Crescer junto com a empresa: entenda por que é uma boa ideia

Home / Crescer junto com a empresa: entenda por que é uma boa ideia

A proposta de crescer junto com a empresa é uma dessas relações em que todos saem ganhando. E não é difícil entender o porquê.

A organização consegue atingir seus resultados com eficiência e qualidade, além de conquistar um desenvolvimento sustentável e contínuo. Enquanto isso, o colaborador constrói uma carreira de destaque, ganhando protagonismo e notoriedade em sua área.

É claro que, falando desse jeito, parece um cenário utópico. No entanto, é perfeitamente possível de ser alcançado, desde que os objetivos estejam alinhados.

Siga acompanhando o texto para saber tudo a respeito!

É possível crescer junto com a empresa?

A ideia de crescer junto com a empresa, na condição de colaborador, não é exatamente nova. Está muito ligada ao conceito de intraempreendedorismo. Já ouviu falar a respeito?

Para quem não conhece, tem a ver com a capacidade de o funcionário apresentar soluções dentro da própria organização, sem que para isso precise abrir o seu próprio negócio.

Assim, ele promove desenvolvimento na companhia em que está e, consequentemente, ganha espaço e novas oportunidades na corporação.

O que isso significa?

Muitas vezes, o que acontece é que o profissional é um dos grandes responsáveis pelo sucesso de uma empresa. Mas, por um motivo ou outro, acaba perdendo o vínculo com a companhia e opta por seguir por outros caminhos.

Quando há um crescimento em conjunto, o colaborador faz carreira dentro da organização e acaba desfrutando do desenvolvimento contínuo para evoluir também.

Por que crescer junto com a empresa?

Crescer junto com a empresa pode ser uma meta comum a qualquer trabalhador. Também merece ser uma estratégia avaliada com carinho pelas organizações. É algo extremamente positivo, pois é estabelecida uma relação ganha-ganha entre o funcionário e a organização. Entenda melhor abaixo.

Bom para a empresa e para o colaborador

A empresa se beneficia, pois ganha um colaborador altamente identificado com a cultura organizacional e que de fato veste a camisa da companhia. Além disso, todo esse engajamento se reflete em resultados positivos. Um profissional motivado e bem-adaptado ao ambiente de trabalho tende a produzir mais e melhor.

Do outro lado está o funcionário, que também só vê vantagens nessa situação. Ele se sente valorizado, reconhecido e amparado por uma organização que apostou no seu potencial e acredita no seu desempenho e habilidades.

Assim, o colaborador vai construir naturalmente uma carreira dentro da empresa. Aos poucos, ele ascenderá na hierarquia, assumirá novas responsabilidades e, consequentemente, terá um aumento salarial. Ou seja, vai crescer junto com a empresa.

Como o funcionário pode crescer junto com a empresa?

Se parte da sua realização profissional é crescer junto com a empresa na qual atua, separamos 5 dicas que podem ser úteis para alcançar esse objetivo. Confira!

1. Vista a camisa da empresa

Buscar uma empresa na qual você concorde com a missão, a visão e os valores, além de se adaptar rapidamente à cultura organizacional, é o primeiro passo.

Quando veste a camisa da organização, você sente muito mais prazer em cumprir suas funções, pois o trabalho deixa de ser mera obrigação e passa a ser encarado com satisfação.

2. Aproveite as oportunidades

Sempre que surgir uma oportunidade, um projeto novo, um curso de capacitação, a chance de uma promoção ou algo assim, aproveite.

Mostre para os gestores que você está genuinamente engajado com a empresa e que está determinado a oferecer o seu melhor para que a organização alcance os resultados pretendidos.

3. Tome a frente em decisões

É importante também se fazer notar e mostrar que você tem iniciativa. Mas cuidado para não parecer que está forçando a barra, chamando atenção de qualquer forma.

Procure estudar as principais demandas da empresa e apresente soluções criativas quando as oportunidades aparecerem. Reuniões de brainstorming, avaliações de clima organizacional e resposta a feedbacks são ocasiões em que suas ideias podem ser ouvidas com mais facilidade.

4. Supere a inércia

Por vezes, acabamos entrando na perigosa zona de conforto. Um estado de inércia em que tudo está aparentemente tranquilo, quando na verdade nos sentimos acomodados.

Essa situação é uma das principais inimigas do crescimento profissional em conjunto com a empresa. Nela, acabamos relaxando, perdendo o foco e, não raro, agindo de forma automática, sem perceber os vícios e os erros que estamos cometendo.

Nesse caso, a empresa perde e o funcionário também, pois não vislumbra qualquer possibilidade de crescimento. Para fugir da estagnação, a saída é sempre buscar novos conhecimentos, desenvolver mais habilidades, ler, estudar, dialogar e se especializar.

5. Receba a contrapartida

Durante todo o artigo, falamos da importância da atuação em conjunto para que empresa e colaborador possam crescer em sintonia. Para isso, é preciso estabelecer relações de ganha-ganha, em que haja benefícios para ambos os lados.

É o caso do investimento em planos corporativos de previdência privada. Ao oferecer esse tipo de vantagem ao profissional, a organização demonstra que está preocupada com o futuro do funcionário. Este, por sua vez, se sente valorizado e reconhecido pela companhia e passa a se empenhar cada vez mais.

Ao contrário do que muitos podem pensar, a previdência privada é uma aplicação simples, embora altamente rentável. Para saber mais sobre a modalidade, acesse a Sua Previdência Privada, tire suas dúvidas e tenha acesso a um suporte especializado.

Em nosso blog, você conta com conteúdos exclusivos que vão oferecer a segurança necessária para tomar a decisão correta e começar agora mesmo a planejar a sua aposentadoria.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.