Como se alimentar bem gastando pouco: passo a passo

Home / Como se alimentar bem gastando pouco: passo a passo

Se você olha para a fatura do cartão e só vê nomes de restaurantes e aplicativos de delivery, pode ser uma excelente hora para aprender como se alimentar bem gastando pouco. 

Afinal, não é só a saúde que sofre com a falta de uma alimentação mais equilibrada, mas também o seu bolso.

E se parece uma missão impossível encontrar o ponto de equilíbrio, fique com a gente. Neste artigo, separamos algumas dicas que vão ajudar você a chegar lá. Acompanhe!

Tem como se alimentar bem gastando pouco?

Sim, tem como se alimentar bem gastando pouco. Tudo depende da forma como você vai encarar essa meta. O primeiro passo é entender a necessidade de analisar e mudar velhos hábitos que são reproduzidos de maneira quase automática. 

Aliás, como vamos ver em detalhes mais adiante, sair do automático é um ponto-chave para fazer escolhas mais saudáveis quando o assunto é a sua alimentação. 

Quanto você gasta para se alimentar bem?

Gastar pouco é um conceito relativo, que depende de um aspecto principal: analisar o seu próprio orçamento. Gastar R$ 150,00 em uma refeição tem pesos diferentes para quem ganha R$ 1 mil e para quem ganha R$ 7 mil, por exemplo.

Então, é importante começar identificando qual percentual da sua renda é utilizado em tudo aquilo que tem a ver com alimentação. Contabilize os valores de supermercado, de padaria, de restaurantes e também com os serviços de entrega. Para ficar mais fácil, pode separar em categorias. 

Faça esse levantamento considerando os gastos dos últimos seis meses para ter uma média mais precisa e real. A partir daí, você já começa a descobrir como se alimentar bem gastando pouco.

A proposta é que passe a fazer substituições, trocando, por exemplo, os pedidos de delivery por uma refeição feita em casa e com alimentos orgânicos. Nessa simulação, você pode se surpreender ao verificar que não é preciso gastar nada além do que já gasta para se alimentar bem. Aceita o desafio?

Como se alimentar bem gastando pouco em seis passos

Tudo anotado? Hora de irmos para as dicas que vão ajudar você a transformar a rotina e a manter uma alimentação mais equilibrada e menos onerosa. Veja como se alimentar bem gastando pouco em seis passos: 

1. Defina um limite de gastos

Acabamos de falar sobre conhecer os seus gastos relacionados à alimentação, certo? Com base nesses números, é hora de definir alguns limites. Busque estabelecer o quanto você almeja gastar por mês com as categorias avaliadas, como supermercado, restaurante, padaria e delivery. 

O importante aqui é definir metas realistas, que realmente possam ser cumpridas, mas que ajudem a controlar os gastos.

2. Desenvolva o gosto por cozinhar

Para que o item anterior realmente possa ser cumprido, vamos começar por um hábito importante: se você não é um adepto de cozinhar as suas próprias refeições, é hora de se inspirar no Masterchef e ir para a cozinha. 

A propósito, programas de gastronomia como esse mostram que é possível fazer pratos elaborados, dignos dos mais renomados restaurantes, com ingredientes simples.  Ou seja, hora de despertar o chef que existe em você e testar algumas receitas

Quem sabe esse não se torne um novo hobby e você diminua o número de vezes que decide comer fora? Seria uma economia e tanto, sem dúvidas.

3. Evite ir ao supermercado com fome

Não tem nada capaz de aumentar mais os seus gastos com supermercado do que fazer compras com fome. Tudo parece indispensável e delicioso. 

Uma dica é reservar o horário posterior ao almoço para ir às compras ou se organizar para fazer um lanche antes. Isso vai ajudar você a manter o foco nos itens necessários da sua lista e evitar as guloseimas. 

4. Mantenha os armários abastecidos

Sabe aquela velha desculpa de que não tem nada em casa para comer? Ela leva você a tomar decisões ruins, como acabar no restaurante mais caro da cidade ou aproveitar aquela promoção “imperdível” do aplicativo de delivery.

Por isso, como parte do seu processo de aprender a apreciar uma refeição mais caseira, mantenha os armários sempre abastecidos com ingredientes versáteis. 

5. Adquira o hábito de ir à feira

Além de oferecerem bons preços, as feiras permitem que você tenha acesso a produtos mais naturais e saudáveis. É possível até mesmo investir nos orgânicos. 

Uma dica é coordenar as idas ao supermercado e à feira, para evitar gastos desnecessários ou a falta de ingredientes básicos para cozinhar. 

6. Não use a comida como recompensa

Uma mesa farta é o cenário ideal para reunir amigos e familiares para celebrar as suas conquistas. Aqui, o que você deve evitar é a banalização

Não deixe que a comida seja sempre a resposta para um dia ruim no trabalho ou para o relacionamento que não deu certo, por exemplo. Isso vai levar você a criar uma relação distorcida e pouco saudável com a alimentação. 

Construa um futuro melhor ao se alimentar bem

Já que tem como se alimentar bem gastando pouco, por que não começar agora mesmo? Garantir um futuro melhor para você e para a sua família exige fazer do planejamento um hábito. Comer bem, mas sem comprometer o orçamento, é apenas uma das ações necessárias para chegar lá. 

Quer garantir rentabilidade e segurança para o seu dinheiro? Então, também é fundamental planejar os seus investimentos e manter uma carteira diversificada. A previdência privada, por exemplo, é uma alternativa que ajuda a construir o seu patrimônio com muito mais controle financeiro e tranquilidade.Se você quer conhecer as vantagens de investir nessa opção, aproveite para acompanhar os conteúdos exclusivos do blog da Sua Previdência Privada!

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.